Ruby Fortune Casino
Ruby Fortune Casino

€750 EM BÔNUS

1° / 2° / 3° Depósito: Bônus até €250 • Apenas para novos clientes • Depósito Mín. €10 • Requisito de Apostas: 50x

Termos da Promoção Registrar-se

A Inteligência Artificial chega à África

Ruby Fortune Casino: Cabeça digital e cérebro Fonte: Geralt A Inteligência Artificial é semelhante à humana exibida por software ou mecanismo e, cada vez mais, a África recebe mais centros de pesquisa tecnológicos de grandes corporações ao redor do mundo. A inteligência artificial afeta todo segmento da economia ao transformar a inteligência humana em códigos e permitir que as máquinas aprendam a tomar decisões como os humanos fariam. Por exemplo, os bancos usam IA para identificarem o roubo e fraude. A indústria do entretenimento, como a Netflix e cassinos online, oferece séries personalizadas e jogos de roleta baseados no histórico de compra do seu cliente. Em exames de análise de saúde, tomografia e outros exames podem ser feitos muito mais rápido. Continue lendo este artigo para saber mais sobre a recente maravilha de Gana.

A operação da Google em Acra

Ruby Fortune Casino: Vista aérea, de, Google, campus, vista montanha, califórnia Fonte: Austin McKinley O centro de pesquisa sobre Inteligência Artificial na África é operado pela Google em Gana, e é o primeiro do gênero. Fontes afirmam que esta operação em Acra trataria questões econômicas, políticas e ambientais, enquanto ajudariam na área da saúde, educação e agricultura (por exemplo, sob como ajudar a diagnosticar certos tipos de doenças em colheitas). Além dessa operação, a Google tem uma iniciativa chamada “Launchpad Accelerator Africa” que diz suportar mais de 100.000 desenvolvedores e mais de 60 start-up de tecnologia na África.

Outros grupos tecnológicos na África

Em uma postagem de blog da Google, a empresa declarou estar comprometida em colaborar com universidades locais e centros de pesquisa, e também com políticos sobre os possíveis usos de IA na África. Porém, Acra não é a única cidade na África com tecnologia avançada, pois Addis Ababa e Kigali possuem boas credenciais no desenvolvimento tecnológico africano. Até mesmo o Quênia recebeu elogios de Bill Gates (fundador da Microsoft) pela sua inovação com a plataforma de pagamentos digitais M-Pesa. Muitas outras empresas, como o Facebook, estão buscando oportunidades e lançando iniciativas na África, pois conforme as redes sociais crescem e avançam no território africano, isso representa um grande mercado para gigantes americanos da tecnologia a entrarem e ação. Também não deve ser esquecido que diversos outros centros já foram abertos em outras cidades como Tóquio, Zurique, Nova York e Paris.

Data Science Africa e Deep Learning Indaba

Ghana Technology University College Fonte: NanaGyabeng gh Um dos maiores eventos sobre tecnologia da África acontecerá na capital da Etiópia, Addis Ababa, de 3 a 7 de junho. A Data Science Africa tem como objetivo a criação de um hub na rede de pesquisadores científicos de dados em toda a África, e eles planejam isso ao:
  • Fornecer uma indexação de pesquisadores e praticantes no campo da Data Science na África
  • Fornecer um recurso de anotações e palestras
  • No futuro, um fórum de discussão para discutir as perguntas da Data Science, etc.
Já a Deep Learning Indaba ocorrerá em Nairobi entre os dias 25-31 de agosto. Segundo o site, a DLI é a reunião anual da comunidade de aprendizagem de máquina africana e o evento desse ano planeja receber mais de 700 membros da comunidade de inteligência artificial da África para um evento de ensino, pesquisa, troca e debate sobre os temas mais variados e comuns do mundo de aprendizado de máquina.
Dragon Shard está aqui ... Preparação para uma viagem ...